5 dicas de experiência do usuário que aumentam o faturamento do seu e-commerce

818 Visitas0 Comentários

Compartilhe nas mídias sociais

 

Veja como otimizar a sua loja buscando a melhor experiência do usuário no seu e-commerce

São vários os fatores que podem levar o consumidor a desistir da compra no e-commerce. O carrinho abandonado é um dos grandes desafios dos lojistas e para minimizar este impacto, torna-se fundamental considerar a experiência do usuário para o seu negócio online.

Quando a experiência do usuário é positiva, pode trazer ganhos efetivos. Deste modo, captando novos clientes e aumentando as chances de fidelização. Saiba mais sobre o conceito e veja o que fazer para garantir as vendas.

 

Entenda o que é Experiência do Usuário

O chamado UX nada mais é do que um conjunto de elementos que tornam  a navegação do visitante pelo site ou loja virtual menos complicada. Leva em consideração diversos aspectos, assim como o  nível de satisfação dos clientes. O conceito americano, do inglês user experience (UX), surgiu em meio às necessidades da era digital.

Em qualquer canal online, o usuário de um produto ou serviço deve ter a melhor experiência de compra e navegação. Um ambiente virtual que proporciona boa experiência do usuário, no geral, tem páginas não apenas eficientes, mas que garantem tempo de permanência no site. O que pode ser convertido em vendas e maior faturamento para o e-commerce.

Isso pode ser feito de várias maneiras e é importante que o lojista ofereça ao seu público. Por isso, acompanhe os 5 pilares que compõem uma boa experiência do usuário. Vamos aprender um pouco mais sobre cada um deles:

1- Usabilidade

A usabilidade de uma loja virtual, blog ou site está relacionada à funcionalidade da página. Primeiro de tudo, é necessário que o usuário saiba o que fazer para comprar, acessar o carrinho de compras facilmente, ver os produtos selecionados, entre outras ações.

Sendo assim, algumas ações podem ser feitas no sentido de otimizar a funcionalidade da loja virtual:

  • Ícones para uma  melhor identificação de botões;
ícones loja ibyte
Exemplo: Ibyte, cliente Bis2Bis
produtos relacionados cowboy store
Exemplo: Cowboy Store, cliente Bis2Bis
  • Processo de checkout simples;
  • Mecanismos de busca de fácil utilização dentro do site;
mecanismo de busca world
Exemplo: World Importados, cliente Bis2Bis
  • O botão “comprar” deve ser inserido em diversos pontos para que o usuário possa finalizar a compra a qualquer momento, mas de forma fluida e não agressiva;
  • Acesso fácil e prático ao carrinho de compras;
carrinho loja scalon
Exemplo: Scalon, cliente Bis2Bis

2- Estética

Este segundo aspecto precisa ser diretamente ligado à usabilidade. Com um layout harmonioso, agradável e bonito, o usuário se sente mais inclinado a continuar visitando as páginas, sem se cansar ou se sentir insatisfeito.

Vale ressaltar que a versão para dispositivos móveis é uma das prioridades, tendo em vista o aumento cada vez maior de usuários que fazem compras online pelo celular. De acordo com um estudo exclusivo, realizado pela Google e a empresa especializada em experiência do usuário, Answer Lab, 61% dos usuários abandonam a página, caso não ofereça uma experiência mobile boa.

Portanto, a página precisa ser leve, moderna e limpa. Veja algumas dicas que podem melhorar o design:

  • Imagens criativas e atraentes, com boa qualidade e leves no tamanho final do arquivo da imagem;
imagens criativas loja scalon
Exemplo: Scalon, cliente Bis2Bis
  • Bom senso no uso de pop-ups e banners. Ambos podem atrapalhar a navegação e poluir a página.
  • Testes A/B podem ser feitos para compreender como os elementos visuais influenciam nas conversões e quais as melhores opções.

3- Conteúdo

O conteúdo do site é igualmente importante, pois todo o teor de informações e materiais disponibilizados no site têm de ser relevantes para o usuário. E o conteúdo pode ser em formato de texto, vídeos, infográficos, entre outros. Sempre com o intuito de oferecer ao consumidor o melhor conteúdo para ajudar em uma tomada de decisão mais rapidamente.

Na produção de conteúdo, alguns pontos devem ser observados:

  • Textos claros e objetivos, de fácil assimilação, porém relevantes e de qualidade;
  • Descrições completas, únicas e detalhadas de produtos, que possam sanar as dúvidas do usuário em relação à mercadoria ou serviço;
descrições completas world importados
Exemplo: World Importados, cliente Bis2Bis
  • Informações de contato e institucionais devem ficar em evidência.



4- Arquitetura de Informação

A forma como o conteúdo será disposto na página também influencia a experiência do usuário e é mais um dos pilares, muito conhecido pelos especialistas por Arquitetura de Informação (AI). É essencial que os dados estejam organizados de forma prática na interface do site, utilizando-se de estruturas lógicas para uma melhor compreensão da organização da loja. O conteúdo deve estar inserido em um contexto que busque atender os interesses do usuário.

Para implementar o melhor sistema de organização, podemos adotar:

  • Realizar pesquisas com os usuários para definir as possíveis falhas na estruturação das informações;
pesquisas cowboy store
Exemplo: Cowboy Store, cliente Bis2Bis
  • Colocar em destaque as informações mais procuradas e importantes;
  • Orientar a atenção do usuário aos pontos mais relevantes do site que são aqueles que levarão à conversão.

5- Fluxos de navegação

Por fim, os fluxos de navegação direcionam os caminhos que o usuário pode seguir. Isto é, quais os passos tomados e quais podem ser os próximos. Por exemplo, oferecendo ações como adicionar ao carrinho ou continuar comprando, adicionar aos favoritos e conferir opções de pagamento.

Tendo como finalidade sempre a experiência do usuário, desde o momento da criação da loja virtual, é imprescindível considerar e tentar prever uma sequência de ações que podem ser feitas no site. Isso poderá aumentar o tempo de permanência do cliente com a loja de diversas maneiras:

  • Simplificar o processo de compra, evitando ações que podem ser dispensáveis;
  • Não utilizar formulários complexos demais que demandem muito tempo do usuário;
  • Incluir avisos claros para informar o usuário de cada uma das ações tomadas.
avisos loja kings
Exemplo: Kings, cliente Bis2Bis

Estas são algumas dicas capazes de aumentar o faturamento da loja virtual, atraindo novos clientes e oferecendo aos usuários melhores experiências de compra. E para analisar o desempenho destas ações, é possível monitorar com frequência o comportamento dos usuários na página e aprimorar cada vez mais a sua loja.

 

Agora, se você é lojista, compartilhe conosco como tem sido a experiência dos usuários no seu e-commerce! Quais destas dicas você já tem aplicado na sua loja virtual?

Que tal conversar com um de nossos especialistas? Clique aqui e ganhe uma consultoria!

Veja também: 7 atitudes positivas que alavancam a recompra

Compartilhe nas mídias sociais

Comente aqui ↓