E-commerce para supermercado: 5 maneiras de facilitar a compra

468 Visitas0 Comentários

Compartilhe nas mídias sociais

Em 2018, os supermercados fortaleceram as suas operações online; confira algumas funcionalidades que permitem facilitar a compra do consumidor

Com o principal objetivo de estimular a recorrência, os e-commerces para supermercado tem crescido constantemente. De acordo com o 39º Webshoppers apresentado pela Ebit, empresa que mede a reputação de lojas virtuais, os supermercados fortaleceram as suas operações online no ano de 2018. 

O mercado online nesse segmento é um ramo que permite trabalhar com dois modelos de negócios, o B2B, que é o atacado e o B2C, direcionado ao consumidor final. E, em ambos os caminhos, é possível englobar diversos canais de aquisição ao consumidor, que pode ir até à loja física ou comprar pelo celular, computador ou tablet.

De um modo geral, o e-commerce no segmento de supermercado é capaz de proporcionar bons benefícios, tanto para os consumidores, quanto para a empresa, como:

  • Economia de tempo;
  • Inovação da marca;
  • Fidelização dos consumidores;
  • Aumento da taxa de recompra;
  • Diversas opções de retirada (Delivery e Drive Thru);
  • Aumento do faturamento;
  • Melhor experiência de compra para o consumidor;
  • Comprar sem sair de casa.

Contudo, para que o resultado seja positivo e eficiente no mercado online, é preciso que o e-commerce atenda as necessidades desse segmento. Por essa razão, abordaremos neste texto algumas funcionalidades interessantes e necessárias para o ramo, com o objetivo de facilitar a compra do consumidor. Continue a leitura e confira!

 

#1 Filtro por região

Um e-commerce atende diversas regiões e, diante disso, principalmente no empreendimento online de supermercado, disponibilizar a opção do consumidor escolher a sua região é essencial por dois fatores importantes:

1º O consumidor consegue ver todos os produtos disponíveis para a sua região e na loja mais próxima;

  É possível oferecer um custo de frete mais barato, principalmente quando é um modelo de negócio B2B. 

É por esse motivo que manter o estoque atualizado por região é fundamental, para que não haja problemas na compra do consumidor, como a compra de um produto que já não está mais disponível, o que gera insatisfação do mesmo e, consequentemente baixa recorrência.

 

#2 Ícones para cada departamento

No menu do e-commerce, é interessante reforçar a representação de cada departamento do supermercado com ícones. Por exemplo, no departamento padaria, colocar um ícone de um pão, ou do açougue, um pedaço de carne. Desta maneira, os consumidores conseguem visualizar melhor quais produtos contém em cada departamento. O texto e a imagem acabam contribuindo para que o consumidor consiga acessar de forma rápida o que deseja.

Confira um exemplo do cliente da Bis2Bis E-commerce, Mirão Distribuidora de Informática:

 

#3 Cadastro de marcas de produtos

Além de disponibilizar os produtos por departamento (conforme já abordado acima), é interessante realizar o cadastro de marcas de produtos, com o nome e o logotipo, e disponibilizar um filtro ou uma busca apenas por marcas. Essa é mais uma forma de otimizar a experiência de compra dos consumidores que possuem preferências, sem que precisam ver todas as marcas disponíveis no e-commerce para encontrar o que procura.

 

#4 Agendamento da entrega

O agendamento da entrega é uma funcionalidade essencial para e-commerces nesse segmento. Quando o consumidor consegue agendar a entrega da compra feita pela loja virtual, para o seu melhor o dia e horário, de acordo com a sua rotina, a relação de confiança a recorrência aumentam consideravelmente. Afinal, evita entregas em horários que o consumidor não consegue receber os produtos.  

Essa funcionalidade também é fundamental para negócios B2B, pois sempre há empresas que preferem receber seus produtos em horários específicos, geralmente para não atrapalhar o fluxo do trabalho.

 

#5 Listas salvas

Essa talvez seja a funcionalidade mais interessante para uma loja virtual do segmento de supermercado. Aqui, o consumidor consegue deixar salvo, em seu perfil no e-commerce, a sua lista de compras para repeti-la sempre que necessário, sem que seja preciso adicionar todos os produtos novamente no carrinho. O consumidor ainda pode fazer os ajustes que forem necessários na lista, excluindo ou acrescentando produtos.

Ideal para negócios B2B e B2C, a funcionalidade de listas salvas proporciona uma agilidade incrível, além de uma experiência fantástica. Afinal, com a correria diária, os consumidores querem cada vez mais agilidade e facilidade nos processos.

 

Gostou de todas as dicas? Deixe a sua opinião nos comentários! 

Se tiver alguma dúvida sobre este assunto, converse com um de nossos especialistas clicando aqui!

Veja também: Quando vale a pena o Frete Grátis no e-commerce?

Compartilhe nas mídias sociais

Comente aqui ↓