e-mails transacionais como aproveitá-los

E-mails transacionais: saiba como aproveitá-los!

664 Visitas0 Comentários

Compartilhe nas mídias sociais

Os e-mails transacionais são utilizados quando alguma ação é realizada pelo consumidor no e-commerce; saiba como utilizá-los da melhor maneira

Imagine a seguinte situação: você entrou em uma loja virtual, encontrou o produto que desejava, fez o seu cadastro para seguir com a compra e após preencher todos os seus dados, recebeu um e-mail de confirmação desse cadastro. Esse é o chamado e-mail transacional que abordaremos nesse texto.

Muito comuns em e-commerces, os e-mails transacionais são utilizados sempre que alguma ação é realizada pelo consumidor no empreendimento e visam comunicar o mesmo sobre os processos que têm realizado. São várias as ações em que os e-mails transacionais são utilizados, como: boas-vindas, cadastro, pedido realizado, situação do pedido (saiu para entrega, a caminho e entregue), cancelamento de compra, troca de senha, carrinho abandonado e etc.

De uma forma geral, esses e-mails permitem criar uma boa relação com o consumidor para mantê-lo informado e mostrar que a empresa se preocupa em detalhar todos os processos. Essa atitude acaba deixando o mesmo satisfeito com a compra, o que gera a fidelização e, consequentemente, a recorrência de compra.

É interessante também destacar que os e-mails transacionais costumam apresentar boas taxas de entrega, abertura e cliques, uma vez que não são enviados em massa. Além disso, permitem trabalhar ótimas estratégias para atrair o cliente novamente ao e-commerce, quando a comunicação é feita corretamente para atingir bons resultados.

Pensando nessa possibilidade de aumentar as vendas e aproveitar ao máximo os e-mails transacionais com esse objetivo, no próximo tópico você confere algumas dicas interessantes que te ajudarão a tornar essa técnica mais atrativa. Continue a leitura e confira!

 

Aproveitando melhor os e-mails transacionais

Para que um e-mail transacional seja realmente atrativo, é preciso dar vida à ele e utilizar de técnicas que irão despertar o interesse do consumidor, como:

Layout: trabalhar um layout chamativo para que a comunicação não fique tão simples e maçante. É importante que você siga um layout que possua relação com a ação do cliente no e-commerce e o segmento em que está inserido.

Carrinho abandonado: para recuperar aqueles carrinhos abandonados, os e-mails transacionais são uma excelente opção. É aqui que você precisa ser chamativo e tentar convencer o consumidor a continuar aquela compra deixada de lado.

Passo a passo: em caso de confirmação de cadastro, compra ou carrinho abandonado, é possível oferecer um passo a passo no e-mail para ajudar o consumidor a seguir os próximos caminhos. Em cadastro de compra, você pode ajudar o consumidor a fechar o pedido; na confirmação de compra, você pode mostrar ao consumidor como ele acompanha a entrega do produto; no carrinho abandonado, você pode ensiná-lo a melhor maneira de retomar a compra.

Destacar os formas de contato: o consumidor deve ter em suas mãos as diferentes formas de contatar o e-commerce (telefone, e-mail, redes sociais e etc) e disponibilizar essas informações no e-mail transacional é uma boa prática que passa mais segurança ao consumidor.

Comunicação divertida: não precisa ser sério o tempo todo. Você pode ser divertido e conversar com o consumidor de maneira descontraída, desde que o seu público-alvo e a sua marca permita uma comunicação mais informal,

Produtos relacionados: os e-mails transacionais são uma ótima oportunidade para que você divulgue os produtos relacionados àquele que o consumidor já adquiriu ou que deixou no carrinho, além, é claro, de oferecer descontos chamativos. Banners, cross-selling  e up-selling são boas estratégias aqui.

 

Atenção! Você deve evitar essas atitudes!

Para um desempenho mais efetivo dos e-mails transacionais, você, além de aproveitá-lo com as estratégias acima, precisa evitar alguns errinhos comuns, capazes de comprometer consideravelmente os resultados. Por isso, você deve evitar as seguintes atitudes:

  • Trabalhar uma linguagem confusa e com vários sentidos;
  • Fornecer informações incompletas, o que gera dúvida ao consumidor;
  • Enviar anexos no e-mail;
  • Utilizar uma quantidade exagerada de imagens;
  • Utilizar expressões consideradas SPAM, (“Não perca”, “Clique”);
  • Enviar muitos e-mails;
  • Esquecer da chamada para ação (CTA) para incentivar o consumidor a clicar no botão;
  • Ser extremamente comercial no e-mail;
  • Não evidenciar a marca do e-commerce;
  • Utilizar um remetente que não possui relação com o e-commerce;
  • Colocar um assunto que não condiz com o conteúdo do e-mail.

Tomando cuidado com essas atitudes e aproveitando os e-mails transacionais para melhorar as suas estratégias, você garantirá uma boa comunicação com o consumidor e, possivelmente, fará com que ele retorne ao seu e-commerce e compre outros produtos com você. O objetivo é fortalecer a parceria e tornar a marca amiga do consumidor.

 

Gostou de todas as dicas? Já aplica alguma em seu e-commerce? Conte nos comentários!

Se está precisando de uma consultoria para a sua loja virtual, converse com um dos especialistas da Bis2Bis! Clique aqui e ganhe uma consultoria!

Leia também: Atendimento no B2B: fidelize seus clientes

Compartilhe nas mídias sociais

Comente aqui ↓