checkout atrapalhando as vendas

O seu checkout pode estar atrapalhando as suas vendas!

513 Visitas0 Comentários

Compartilhe nas mídias sociais

Confira algumas situações que tornam o checkout ineficiente e atrapalham, além das vendas, a experiência do consumidor

Uma das coisas fundamentais para o bom desempenho de um e-commerce e a experiência de qualidade do consumidor, é o checkout. O processo, que corresponde à finalização de um pedido, tem papel importante para o comprador, uma vez que influencia a sua decisão, seja apresentando um desempenho positivo, o que incentiva a conclusão do pedido, seja apresentando um desempenho negativo, aumentando a taxa de carrinhos abandonados.

A partir do momento que esse processo não funciona bem ou é confuso no e-commerce, as vendas tendem a cair, afinal, os consumidores não se sentem seguros em concluir um pedido em um checkout instável. Por essa razão, testar esse processo e ficar atento às opiniões dos consumidores, se torna tarefa indispensável para os o lojistas que buscam o sucesso e a fidelização no mercado online.

Pensando nisso, separamos nesse texto algumas situações que tornam o checkout ineficiente, para que você possa analisar e identificar se as mesmas situações estão ocorrendo em sua loja virtual e, consequentemente, atrapalhando as suas vendas e a experiência do consumidor. Vamos lá?

 

#1 Processo extremamente longo

É normal solicitar cadastro para os consumidores que estão comprando pela primeira vez no e-commerce, e até mesmo solicitar a confirmação de informações dos consumidores já compram. No entanto, todos esses processos, bem como as escolhas do pagamento e frete, precisam ser rápidos e eficientes.

Se o consumidor gasta mais tempo tentando fechar uma compra do que para escolher o produto no e-commerce, a perda de interesse por parte do mesmo é certeira. O ideal é que o processo de checkout seja simples, rápido e solicite apenas as informações necessárias. Caso isso não ocorra, é bem provável que o consumidor abandonará o carrinho no meio desse processo processo.

#2 Etapas confusas

Usar uma linguagem confusa no checkout de um e-commerce, não é uma boa prática. O conteúdo pode se tornar incompreensível, fazendo com que o consumidor não entenda o que está fazendo ou qual etapa da finalização do pedido se encontra. Textos simples e objetivos permitem uma leitura rápida e eficiente por parte do comprador, que consegue seguir com a finalização da compra com facilidade e segurança.

#3 Poucas formas de pagamento

Os consumidores gostam de ter diversas opções para realizarem o pagamento de uma compra no e-commerce. Caso o seu empreendimento esteja oferecendo poucas opções, restringindo as possibilidades do consumidor, está na hora de repensar. É preciso que a sua empresa atenda todas as pessoas e realidades, para que a satisfação seja garantida.

O ideal é disponibilizar todas as opções, como débito, crédito, boleto, por exemplo, e em diversas condições, como à vista ou parcelado. De acordo com o 39º Webshoppers, apresentado pela Ebit, em 2018, o volume de compras à vista aumentou 4%, e o volume de compras parceladas em 12 vezes ou mais teve uma queda de quase 5%. Atenção aos dados do mercado!

Caso o seu e-commerce não ofereça todas as opções ao consumidor, impedindo que o mesmo escolha a forma de pagamento que mais se encaixa a sua realidade, a compra não será efetuada, gerando mais um carrinho abandonado no empreendimento e mais insatisfação.

#4 Excesso de informações

Checkout poluído, com muitos links, informações, pop-ups e banners? Erro gravíssimo! Nessa etapa da compra, a simplicidade é fundamental, para não tirar a atenção do consumidor ou encaminhá-lo para outra página que não seja a do checkout. Não que você não possa colocar um banner ou fazer alguma propaganda, mas o importante é que essa ação seja discreta, simples, clara e em pouca quantidade, sem, em nenhum momento, interferir na finalização da compra.

#5 Layout não responsivo

Segundo o 39º Webshoppers, o mobile commerce (m-commerce) se destacou no em 2018, com um crescimento de 41% em pedidos. Diante deste cenário, é possível compreender a importância de tornar um e-commerce responsivo, uma vez que as compras por dispositivos móveis têm crescido cada vez mais.

E o layout responsivo faz toda a diferença também no checkout. Quando ele é bem aplicado, considerando a usabilidade do usuário, a tendência de satisfação aumenta, pois os consumidores conseguirão fechar seus pedidos com facilidade em qualquer tela. Se o seu e-commerce apresenta um checkout complicado na versão mobile, atenção! Você pode estar perdendo boas vendas em razão desse problema, e é preciso se atualizar agora!

Como ter um checkout otimizado?

Depois de ver algumas situações que tornam o checkout ineficiente e confuso ao consumidor, você deve estar se perguntando: o que, então, eu tenho que fazer para ter um bom checkout em meu e-commerce? Confira algumas dicas abaixo que poderão te ajudar:

  • Faça um resumo claro do carrinho;
  • Mantenha a agilidade no processo;
  • Utilize linguagem simples e de fácil compreensão;
  • Disponibilize todas as formas de pagamento e condições;
  • Aposte no layout responsivo;
  • Foque apenas no fechamento do pedido;
  • Disponibilize um cadastro rápido, solicitando apenas com as informações necessárias do consumidor;
  • Torne todos os custos e fases dos processos evidentes;
  • Invista na segurança.

 

Quais são as vantagens do checkout otimizado?

Além da agilidade que o consumidor terá para finalizar a compra, gerando mais aumento nas vendas, um checkout otimizado oferece diversas outras vantagens, que aumentam a credibilidade da marca e a recorrência de compra no empreendimento, como:

  • Segurança ao consumidor;
  • Menos abandono de carrinho;
  • Consumidor focado no que realmente interessa;
  • Agilidade e praticidade.

São detalhes que fazem toda a diferença e tornam a experiência do consumidor e o desempenho do e-commerce excelentes! Invista em um checkout eficiente. Pense nos seus consumidores!

 

Se identificou em algumas dessas situações que tornam o checkout ineficiente? Conte nos comentários!

Se tiver mais alguma dúvida sobre esse assunto, converse com um de nossos especialistas em e-commerce! Clique aqui e ganhe uma consultoria!

Leia também: Como facilitar a decisão de compra do consumidor no e-commerce?

Compartilhe nas mídias sociais

Comente aqui ↓