escolher domínio e-commerce

Saiba como escolher um domínio para sua loja virtual

387 Visitas0 Comentários

Compartilhe nas mídias sociais

 

Confira alguns insights e tenha o domínio ideal para o seu empreendimento online

São várias as decisões que precisam ser tomadas para a criação de uma loja virtual. Escolha da plataforma ideal, do servidor, as formas de pagamento e frete, como será o layout, quais serão as ações de marketing e diversos outros pontos precisam ser decididos. Entretanto, uma das principais escolhas durante o processo de iniciação de um e-commerce, é a definição do domínio do site.

O domínio corresponde ao nome de identificação de uma empresa na internet e consiste no nome da empresa (lojavirtual) mais a extensão (.com.br/.com/.net…). O seu principal objetivo é facilitar a memorização de endereços e o caminho do cliente até o site da empresa. Caso contrário, seria necessário memorizar o número do Internet Protocol (IP) – número que identifica um dispositivo presente em uma rede – onde o site está hospedado, o que dificultaria absurdamente as buscas.

A divulgação de um domínio é responsabilidade das entidades registradoras, que utilizam o chamado Domain Name System (DNS), responsável por localizar o número de IP do endereço de um site . De uma forma geral, para que um domínio seja registrado, é preciso ser uma instituição legal e estabelecida no Brasil, por uma pessoa física ou jurídica com contato nacional.

Depois dessa breve explicação, vamos retornar à ideia central desse texto, que é te ajudar a escolher o melhor domínio para a sua loja virtual. Na verdade, o que acontece é que existem dicas extremamente relevantes que te ajudam a escolher o domínio ideal para o seu negócio, de forma que o seu site seja encontrado e memorizado com facilidade pelos consumidores que pretende atingir. Continue a leitura e confira algumas dessas dicas!

 

Escolha um nome original

Normalmente, o nome do domínio é o nome do seu e-commerce. Diante disso, na hora de fazer essa escolha, pense em algo original e também criativo. Jamais copie outros empreendimentos, afinal, isso pode gerar confusão no consumidor na hora de buscar pela sua loja virtual. Para te ajudar nessa tarefa, o site Registro.BR pode oferecer nomes similares ao que você deseja, permitindo que conheça outras possibilidades.

 

Faça uma escolha simples e de fácil memorização

Pense em um domínio simples e curto, para que o consumidor consiga lembrar facilmente. Nomes estrangeiros ou siglas difíceis de serem memorizadas não são bem-vindas. É importante que o domínio reflita o seu negócio de uma forma clara e esteja de acordo com a essência de sua marca, para que as pessoas compreendam rapidamente do que se trata, facilitando o acesso ao e-commerce.

 

Fuja de caracteres e números

Algumas pessoas já se confundem na hora de digitar um domínio simples. Agora, se houver algum caractere ou número, a confusão é ainda maior, fato. O consumidor pode errar um número ou esquecer um hífen na hora de digitar o nome do seu site, impedindo que acesse seu e-commerce. Com isso, você estará dando tchau para muitas vendas que poderiam ser fechadas efetivamente se a escolha do domínio tivesse sido bem analisada.

 

Utilize o termo correto

Como dito anteriormente, é essencial que o domínio reflita a proposta do seu e-commerce e, para isso, é importante que o mesmo leve o nome da sua loja ou do produto que vende, para que seja lembrado pelos consumidores e tenha uma boa posição nos buscadores. Se o seu e-commerce vende bolsas, é interessante que a palavra esteja no domínio, pois essa será, provavelmente, a palavra pesquisa por uma pessoa no Google. O ideal é que você faça uma pesquisa dos termos mais buscados pelo seu público. O Google Trends é uma ótima ferramenta para isso.

 

Escolha a melhor extensão

Na hora da escolha, se o seu negócio gerar conteúdo apenas para o público nacional, ou para não confundir o nome com um site estrangeiro, considere primeiramente a extensão .com.br. Outras terminações, como .com; .net e .info, por exemplo, são interessantes quando o seu conteúdo não for restrito apenas no Brasil, além de serem mais curtas e fáceis de serem memorizadas.

Dica Valiosa! Registre o nome do site com diversas extensões e faça o redirecionamento, para não correr o risco de outra empresa registrar o mesmo nome apenas com uma extensão diferente.

 

Não se esqueça de verificar a disponibilidade do domínio escolhido

Já escolheu o domínio que deseja? O próximo passo é verificar a disponibilidade, ou seja, se nenhuma outra empresa utiliza o mesmo domínio ou algo muito parecido. Para fazer essa certificação, você pode utilizar o próprio Registro.BR e o Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI).

 

Gostou de todas as dicas? Deixe a sua opinião nos comentários!

Se ainda tiver alguma dúvida sobre esse assunto, converse com um de nossos especialistas em e-commerce!

Veja também: Tendências do e-commerce para 2019 que você precisa saber!

Compartilhe nas mídias sociais

Comente aqui ↓