Cadastrar produtos no marketplace pode PREJUDICAR o ranqueamento orgânico do seu E-commerce

20 de outubro de 2020

Eu sei, cadastrar produtos no marketplace é uma das (se não a) etapas mais importantes para vender mais nas plataformas de venda. Isso é algo muito comum e que, talvez, faça parte da sua rotina diária. O que muita gente não sabe é que cadastrar os produtos de maneira incorreta pode fazer com que a sua Loja perca muito ranqueamento orgânico.

Mas calma, isso não significa que você precisa parar de vender no marketplace, muito menos que você tem que escolher entre vender no marketplace ou ranquear bem seus produtos do e-commerce. Neste artigo, vou explicar qual é o erro que faz com que você perca ranqueamento, e também dizer como solucioná-lo!

Assista ao conteúdo

Ps: eu também gravei um vídeo para o canal da Bis, se preferir, você pode assistir ao vídeo dando play abaixo:

Cadastrar produtos no marketplace sabota o seu ranqueamento quando…

Imagine que você tem uma loja online bem ranqueada, que seu faturamento é bom e você tem um ótimo volume de pedidos oriundos desse canal. Como sua operação já está bem consolidada, o próximo passo é expandir vendendo nas maiores plataformas de vendas do Brasil, ou seja, nos marketplaces. Até aqui, tudo completamente certo.

Então você escolhe os marketplaces que fazem sentido para você e começa cadastrar seus produtos lá. Já que sua loja ranqueia bem, você copia todo o conteúdo dos seus produtos e cola no marketplace, certo? E é aqui que o erro mais comum acontece!

Quando você simplesmente duplica o seu conteúdo, existe uma chance enorme de que o indexador do Google atribua a autoria desse conteúdo ao marketplace. Isso acontece porque as plataformas de venda têm milhares de fornecedores cadastrados e milhões de compradores interagindo diariamente, compartilhando links e fazendo compras, o que confere autoridade à plataforma.

Agora, pense que você otimizou suas descrições de produto e o conteúdo do seu e-commerce (títulos, descrições, SERPs, imagens, vídeos, etc). Logo, quando o Google ler o marketplace e o seu site, vai analisar o bom conteúdo que você fez, mas vai atribuir a autoria ao canal de maior relevância, ou seja, ao marketplace. Resultado: o marketplace ganha ranqueamento e a sua loja virtual é rebaixada nas posições de busca; afinal, mesmo que não sendo verdade, aos olhos do Google você plagiou o conteúdo.

Agora, imagine dezenas de conteúdos seus duplicados em diversos marketplaces? Pense em como o seu tráfego orgânico vai ser prejudicado e direcionado para outras plataformas de vendas. Péssimo não é mesmo?

Como garantir meu ranqueamento orgânico?

A solução é relativamente simples: nunca duplique os conteúdos da sua loja virtual no marketplace. Você vai ter um pouco mais de trabalho, é claro, mas é esse esforço que vai garantir que você continue vendendo bem em ambos os canais.

Antecipando, você pode ter alguns problemas quando vende em vários marketplaces diferentes, afinal são muitas descrições e muitas plataformas para operar.

Nesse caso, você provavelmente vai precisar contratar um Hub de integrações eficiente, que facilite esse trabalho. Nesse momento, você PRECISA se certificar que o hub está preparado para fazer essas descrições de forma independente e não duplicar os conteúdos. Dica: o hub de integração da Gubee faz isso de forma excelente, eles atendem vários clientes da Bis2Bis e recomendo!

Cadastrar produtos no marketplace é uma arte que gera vendas!

Um GRANDE e-commerce é resultado de CENTENAS de pequenas ações. Por isso, é preciso pensar em cada detalhe da sua loja. Desde a descrição de produtos até as imagens postadas. E o cadastro de produtos é um dos fatores mais importantes (se não for o principal).

O cadastro dos produtos no marketplace é o que vai tirar as dúvidas do seu cliente, explicar o produto, dar informações técnicas e encantar o seu consumidor, convencendo-o de que o seu produto foi feito para ele.

Então, tome muito cuidado para não perder ranqueamento duplicando os seus conteúdos em outras plataformas. Mas, ainda mais importante que isso, lembre-se de fazer uma descrição incrível onde quer que você esteja! É assim que você vende mais e garante que a sua marca seja bem vista em toda a internet!


Tags:







Quer ficar por dentro de todas as novidades?
Assine a newsletter da Bis