Planejamento Estratégico, Tático e Operacional no e-commerce: entenda as diferenças

8 de dezembro de 2020

Inconsequente” é uma palavra normalmente usada para se referir a indivíduos que não pensam antes de agir. Muitas vezes pensamos isso sobre pessoas, mas você já pensou que a sua empresa é que pode estar sendo inconsequente? Se você não está realizando o Planejamento Estratégico, Tático e Operacional no E-commerce, é bem provável que esse termo está relacionado à sua operação.

Se você abriu esse texto, é porque você já imagina que esses três níveis de planejamento podem ajudar a organizar a sua empresa. Porém, um bom planejamento requer uma organização robusta da sua operação. Ou seja, se você quer crescer, precisa do planejamento estratégico, tático e operacional bem estruturado.

Os três níveis de organização: Planejamento Estratégico, Tático e Operacional no E-commerce

Neste artigo, quero ser objetivo e trazer a verdade de como funciona o Planejamento Empresarial no E-commerce. Mas, primeiro, quero contextualizar você.

O planejamento é necessário para qualquer organização. Ele existe em três níveis: o Planejamento Estratégico, Tático e Operacional. Assim, vamos passar pelos três níveis para você entender o conceito e aplicar na sua empresa.

O Planejamento é separado em três fases: o Planejamento Estratégico, Tático e Operacional.
O Planejamento é separado em três fases: Planejamento Estratégico, Tático e Operacional.

 

Planejamento Estratégico

Essa primeira etapa do Planejamento Empresarial é a cabeça do seu negócio. É o momento de você organizar o futuro do e-commerce. Ou seja, no Planejamento Estratégico, você se organiza para criar os objetivos estratégicos.

Dessa forma, podemos enxergar o Planejamento Estratégico como organização das metas que a empresa quer conquistar no longo prazo. Normalmente, executa-se o Planejamento Estratégico em cerca de 5 a 10 anos.

Nesta etapa, você deve focar na visão mais ampla da empresa (sem se prender nos detalhes). Ou seja, esse é o momento de reunir a alta diretoria e apurar todas as ideias para a empresa nos próximos anos. Isso tudo levando em conta a empresa como um todo.

Resumindo, não é um trabalho simples. Então, essa é a etapa que você vai ter que colocar sua cabeça para funcionar e tentar entender aonde você quer que sua loja chegue.

Essa talvez seja a etapa do planejamento do e-commerce mais complexa. Falo isso porque você vai ter que estudar muito o seu mercado para essa trabalhar nessa etapa. Entender seus horizontes, a pretensão do mercado, a linha dos seus concorrentes e o nível de investimento. E tudo isso alinhado às metas e projeções reais para os próximos anos.

Objetivos Estratégicos

Basicamente, aqui é o resultado do planejamento estratégico. Mas para definir os objetivos estratégicos, é importante que você leve em conta alguns questionamentos:

  • O que fazemos?
  • Por que fazemos?
  • Onde estamos?
  • Onde queremos chegar?
  • O que valorizamos?

Então, vamos trabalhar com a ideia de que você tem um e-commerce de moda. Ao realizar o Planejamento Estratégico, você define com sua equipe que os objetivos estratégicos são, por exemplo:

  • Aumentar em 30% o número de vendas;
  • Criar autoridade no mercado de moda alternativa para mulheres;
  • Atingir o ticket médio de R$450.

Como resultado, agora você tem seus Objetivos Estratégicos em mãos. A partir daqui, você consegue melhorar os seus processos.

Planejamento Tático

O próximo passo agora é a criação do Planejamento Tático. E bem como o próprio nome já diz, aqui você deve definir as táticas que serão adotadas para atingir os objetivos. Ou seja, é o Planejamento Tático que oferece uma estrutura palpável para os objetivos estratégicos.

Normalmente, é nessa etapa que os gestores são envolvidos. Porque eles conseguem ter uma visão setorial da empresa. Ou seja, definem os objetivos em comum, mas com as visões de todos os setores da empresa.

Por isso, os planos colocados aqui são de médio prazo (cerca de 1 a 3 anos). 

Objetivos Táticos

Neste momento, você une os objetivos estratégicos e define: o que fazer e quando fazer.

As respostas dessas perguntas são os objetivos táticos. Eles devem ser definidor considerando os diferentes setores da empresa (marketing, comercial, desenvolvimento, financeiro, etc). 

Então, seguindo a linha de raciocínio do primeiro exemplo, alguns exemplos de objetivos táticos podem ser:

Planejamento Operacional

Para fechar os níveis do planejamento empresarial, temos o Planejamento Operacional. A famosa hora de “pôr a mão na massa. Ou seja, a base da pirâmide de qualquer negócio.

Se os outros dois níveis de planejamento tinham uma visão mais “teórica”, no Planejamento Operacional a finalidade é prática. Portanto, essa etapa é voltada para a execução de tudo o que foi direcionado acima.

Aqui no Planejamento Operacional, os objetivos são traçados visando o curto prazo (3 a 6 meses). Portanto, aqui, podemos definir os métodos, processos e sistemas que deverão ser utilizados para cumprir os objetivos traçados nesse caminho.

É neste momento que devemos organizar a demanda de funções, as necessidades financeiras e as ferramentas que serão necessárias. Nas outras etapas, o resultado do planejamento eram os objetivos. No entanto, aqui o resultado são as próprias ações e planos de atividades.

Na hora de definir isso, se questione:

  • Como fazer?
  • Quem vai fazer?
  • Qual o prazo esperado?
  • Quais as ferramentas e recursos necessários?
  • Quanto vai custar?
  • Quais as alternativas?

E isso vai resultar em ações pontuais, como:

  • Inserir os produtos no Magazine Luiza, Submarino e Mercado Livre;
  • Fazer 5 posts semanais, 1 artigo por semana e 1 vídeo semanal;
  • Desenvolver funcionalidade Compre Junto no carrinho de compra do cliente.

O guia para o bom funcionamento da operação é o Planejamento Estratégico, Tático e Operacional no E-commerce

Sem um bom planejamento empresarial, seu e-commerce fica sem chão. Sem base. Por isso, criar o Planejamento Estratégico, Tático e Operacional no E-commerce vai evitar muitos problemas recorrentes.

O resultado do planejamento é unir melhor todos os setores. Criando assim, uma estratégia nítida para sua operação. Eu sei que o e-commerce não é um negócio simples de administrar, mas desenvolver o planejamento adequado vai facilitar essa gestão.

Espero que essas dicas te ajudem a estruturar o Planejamento Estratégico, Tático e Operacional do E-commerce no próximo ano. Então, me conta aqui nos comentários qual foi a sua experiência com planejamento no e-commerce!


Tags:







Quer ficar por dentro de todas as novidades?
Assine a newsletter da Bis
Iniciar Conversa