Volta às aulas no e-commerce: como vender mais

17 de fevereiro de 2021

Normalmente, fevereiro é o mês de volta às aulas. Depois de um período de descanso e férias, os alunos se preparam para retornar às atividades escolares e precisam comprar novos materiais para o ano letivo que está por vir.

Para este ano, o cenário é de ainda mais expectativa. Com as escolas fechadas há vários meses, a perspectiva é de que as aulas voltem gradativamente a ser como eram antes da pandemia.

Muitos estados brasileiros já definiram a volta às aulas para os meses de fevereiro e março, em diferentes modalidades. Contudo, tanto no modo presencial quanto no online, os alunos ainda precisam se abastecer de ferramentas para enfrentar mais um ano de estudos: a lista de material escolar. E é aí que o ecommerce tem a oportunidade de brilhar!

Volta às aula é uma oportunidade de vender mais no e-commerce

Mesmo com as medidas de restrição impostas pela pandemia do novo coronavírus, o mercado de volta às aulas ainda é muito forte nos primeiros meses do ano.

Estima-se que o brasileiro gasta, em média, 22% do salário com as demandas escolares dos filhos. Ou seja, o período de volta às aulas movimenta uma grande quantia monetária, evidenciando uma oportunidade de ganhos significativos.

Tendo isso em vista, é visível que o crescimento do setor será expressivo. Podemos confirmar essa expectativa ao analisarmos a nova plataforma de tendências do Google, o Categorias em Ascensão no Varejo.

Nela são exibidas as principais tendências de pesquisa no varejo em tempo real. Com essa ferramenta em mãos, é possível monitorar diariamente os assuntos mais procurados nos motores de busca. E sabemos que estar atento é fundamental devido às constantes mudanças no comportamento dos consumidores. 

No mês de janeiro, cinco categorias do universo de volta às aulas apareceram dentre as oitos mais procuradas no Google. Isto é, quando se trata de vendas no varejo, os artigos escolares estão no topo das buscas online.

Categorias do varejo mais procuradas no Google no mês de janeiro de 2021.
Itens de volta às aulas é uma das categorias do varejo mais procuradas no Google no mês de janeiro de 2021.

O Hemisfério Norte já consolidou essa tendência, pois lá o ano letivo costuma iniciar em agosto. Nos Estados Unidos os itens escolares aumentaram em 56% nessa mesma época, em relação ao ano anterior.

Com todos esses dados, não podemos negar a potencialidade do mercado de volta às aulas! Por isso, aproveite o momento para traçar novas estratégias e vender mais.

Como vender mais no Volta às Aulas no e-commerce?

Apesar da alta procura por itens de papelaria e material escolar no começo do ano, o mercado é concorrido. E, para se destacar, é preciso encantar não somente os estudantes, como também agradar os pais e responsáveis pela compra desses produtos.

Esse desafio pode não ser uma tarefa fácil! Mas fique tranquilo, separei 11 estratégias que você pode adotar para se diferenciar dos demais e aumentar seus resultados.

1- Segmentação por público

A volta às aulas envolve um grande número de alunos que possuem os mais diversos interesses, grau de escolaridade e idade. Não dá para colocar tudo numa caixa e vender para todos como se fossem a mesma audiência.

Por isso, é interessante segmentar o seu ecommerce por faixa etária e ano escolar, oferecendo os produtos certos para cada tipo de público.

Dessa forma, sua comunicação com o cliente será muito mais objetiva. E você será capaz de melhorar a usabilidade da sua plataforma e proporcionar uma experiência de compra personalizada e descomplicada.

Separe temas mais infantis, como desenhos animados do momento e personagens de filmes, para as crianças mais novas. E aposte em temas mais sérios e joviais para os adolescentes que irão começar o ensino médio.

Certamente o seu público perceberá, mesmo que sutilmente, o cuidado que a sua Loja Virtual teve para lhe oferecer as melhores soluções. Assim, você terá mais chances de fidelizar esse cliente e aumentar a recorrência de compra.

2 – Faça kits e agrupamento de produtos

Outra estratégia muito utilizada nas vendas de lista escolar são os combos e kits de produtos relacionados. Eles podem ser fixos ou personalizáveis, com a possibilidade do cliente escolher as estampas dos cadernos, cores das canetas e assim por diante dentre as opções que você irá disponibilizar.

Utilize essa técnica para facilitar o processo de compra do seu cliente. Isso porque as listas de material escolar são normalmente extensas, tornando a experiência demorada e cansativa.

Oferecer uma alternativa em que o cliente compre tudo o que precisa em um só clique pode ser o toque especial que vai diferenciar a sua Loja Virtual das demais.

Além disso, você pode também disponibilizar descontos exclusivos na compra desses agrupados de produtos. Essa estratégia vai estimular o consumo e aumentar o seu ticket médio.

3 – Esteja presente em Marketplaces

Muitos pais procuram nos motores de busca onde encontrar itens escolares por preços mais atrativos. Geralmente, eles se deparam com grandes marketplaces como Amazon, Americanas e Submarino.

Se a sua marca estiver presente em um desses canais, você poderá atingir uma audiência muito maior e aumentar o seu reconhecimento de mercado. Não somente isso, ao atuar em marketplaces, a sua Loja Virtual se apropria da confiança e autoridade desses grandes nomes para reforçar a sua própria. 

Por isso, não deixe de considerar a sua entrada em plataformas de marketplace. Elas são essenciais, principalmente, para negócios digitais que ainda estão começando e precisam obter mais tráfego para o seu próprio ecommerce.

Aqui na Bis2Bis, temos uma parceria com um Hub de Integração com Marketplaces que oferece um serviço completo: a Gubee. Vale a pena contar com a ajuda de empresas que conhecem o mercado e sabem todas as vantagens de vender em tais canais. Além disso, é preciso ficar atento aos perigos que podem ocorrer devido à má gestão dessa operação.

4 – Tenha uma operação Omnichannel

Muitos pais ainda preferem comprar os materiais escolares em lojas físicas. E o motivo é simples: as crianças gostam da experiência de ver e pegar os produtos nas mãos, escolher conforme os seus gostos e participar do processo de compra.

Porém, é fato que o consumo mudou drasticamente no ano que passou e que o digital está atuando com cada vez mais força no mercado. Então, por que não desfrutar do melhor dos dois mundos?

Aplique estratégias de integração no seu e-commerce e utilize recursos Omnichannel para melhorar a experiência do consumidor. Desse modo, sua empresa irá oferecer a possibilidade de contato e compra por diversos canais, aumentando a satisfação dos consumidores.

Você não deixa de fechar negócio com os clientes que ainda fazem questão de ir até a loja física. E ainda garante opções diversificadas para aqueles que preferem comprar da segurança de casa.

5 – Crie um programa de indicação para o volta às aulas

Muitas papelarias do varejo físico oferecem descontos para pais que compram juntos. Isto é, quando a compra é realizada por um grupo maior de pessoas, os lojistas têm a possibilidade de reduzir o valor final dos produtos devido ao volume de itens consumidos.

Traduzindo essa estratégia para o digital, você pode oferecer um programa de fidelização, com descontos progressivos a cada indicação. Aplique essa operação por meio de cupons de desconto especiais para o período de volta às aulas. 

Dessa forma, a divulgação da sua marca é incentivada e, consequentemente, aumenta a possibilidade de fechar vendas no seu ecommerce. 

Ou seja, você irá expor sua marca para um número maior de consumidores, reforçando a presença, a confiança e a autoridade da sua Loja Virtual.

6 – Faça parcerias assertivas no volta às aulas

Faça parcerias estratégicas para aumentar as suas vendas e proporcionar uma experiência de compra cada vez mais fluida e personalizada

Parcerias com escolas da sua cidade, ou mesmo com redes de ensino que atuam em todo o país, são ótimos exemplos de como a sua Loja Virtual pode explorar essa estratégia. Assim, é possível oferecer descontos exclusivos e montar kits com a lista de material escolar de cada instituição.

Escolas parceiras da Loja Virtual Atacadão MEC, desenvolvida pela Bis2Bis E-commerce
Escolas parceiras da Loja Virtual Atacadão MEC, desenvolvida pela Bis2Bis E-commerce, ajudam a vender mais no volta às aulas

Além disso, você pode também procurar por parcerias com lojas de segmentos parecidos com o seu. Por exemplo, se você vende itens de papelaria, pode traçar uma parceria com a confecção que produz uniformes escolares.

O importante é ter consigo aliados que vão ajudar a impulsionar a sua operação em uma parceria ganha-ganha. E esse nicho de mercado oferece uma série de possibilidades que ainda não são bem exploradas.

7 – Não se esqueça do responsivo 

O fato é que as pessoas estão cada vez mais comprando por meios digitais. Mas o insight é que muitas delas fazem essas operações direto dos seus smartphones. Por isso, você não pode se esquecer de adaptar todos os seus canais de forma que eles sejam responsivos a dispositivos móveis.

O chamado m-commerce é o nome dado ao comércio eletrônico realizado via dispositivos móveis e está se fortalecendo dia após dia. A revolução digital que presenciamos em 2020 só reforçou essa tendência que já vinha se fortalecendo há alguns anos.

Para se ter uma noção da dimensão que esse mercado está tomando, somente nos Estados Unidos, o m-commerce movimentou US$25 bilhões em 2012, dando um salto para US$208 bilhões em 2018.

A previsão é de que, neste ano, a modalidade ganhe ainda mais relevância, chegando a representar 54% do total de vendas online.

8 – Crie vídeos para as redes sociais e divulgue a campanha de volta às aulas

Devido ao isolamento social, os vídeos se tornaram os queridinhos dos espectadores. Por isso, uma grande tendência para 2021 são os conteúdos em formato de vídeo

Aproveite o período de volta às aulas e surfe nessa onda. Faça tutoriais utilizando os produtos que você oferece em sua loja e grave os itens em situação de uso relacionados a um estilo de vida. O importante é gerar identificação e conexão emocional com o seu público.

Use também as redes sociais como propagadoras desse conteúdo. Todas as ferramentas digitais estão disponíveis para te ajudar a divulgar o seu negócio. Então, explore-as bem e faça bom uso de cada canal.

Vale também considerar as Live Commerce, formato no qual uma empresa vende seus produtos ao decorrer de transmissões ao vivo. Nelas você pode demonstrar aos clientes todas as potencialidades e diferenciais da sua marca.

9 – Categorize seu e-commerce e dê destaque ao volta às aulas

Separe o seu e-commerce em categorias e reserve um espaço de destaque para a seção de “Volta às Aulas”. A partir dessa simples ação, a usabilidade da sua Loja Virtual vai se elevar e proporcionar ao usuário uma experiência muito mais agradável.

Categoria “Volta às aulas” da Loja Virtual Filiperson, desenvolvida pela Bis2Bis E-commerce
Categoria “Volta às aulas” da Loja Virtual Filiperson, desenvolvida pela Bis2Bis E-commerce

Organizando o seu ecommerce dessa forma, você pode agrupar todos os itens que fazem parte desse mesmo universo em um só lugar. Assim, você melhora a navegabilidade do sua loja virtual e aumenta as chances de conversão.

Inclusive, fiz um vídeo explicando como organizar as categorias do seu e-commerce para impulsionar seus resultados. Dá só uma olhada:

10 –  Aposte em itens que aumentam a concentração

Em algumas cidades, a volta às aulas será em modalidade presencial ou híbrida. Contudo, muitas escolas ainda vão trabalhar de forma online. Pensando nisso, aposte em itens que ajudem o aluno a melhorar seu desempenho escolar mesmo apesar dos desafios do ensino à distância.

Durante a pandemia, 67% dos alunos relataram dificuldade em organizar a sua rotina de estudos, impactando na sua produtividade. Isso porque o ambiente de casa pode apresentar muitas distrações, dificultando o aprendizado. 

Sendo assim, nunca foi tão importante como agora ofertar materiais capazes de aumentar o foco e a concentração dos estudantes. Apostar em produtos com essa característica pode ser um grande diferencial que vai colocar o seu ecommerce à frente dos demais.

11 – Direcione a mídia paga da sua campanha de volta às aulas

Se o seu ecommerce costuma investir em mídia paga, fique atento à mesma plataforma do Google que exibe as principais categorias do varejo em ascensão. Além das tendências de mercado, nela você também vai encontrar o volume de pesquisa da palavra-chave pela qual sua empresa deseja ser encontrada. Tudo isso segmentado por país e estado.

Volta às aulas no e-commerce: volume relativo de pesquisa por Estado da palavra “lancheira”
Volume relativo de pesquisa por estado da palavra “lancheira” (categoria de volta às aulas no e-commerce) exibe São Paulo como Estado com maior procura

A partir dessas informações, direcione a verba de acordo com as regiões que mais procuram pela categoria que você deseja atingir. Assim, seus investimentos irão trazer mais resultados.

Quanto antes começar, melhor

O momento nunca foi tão favorável quanto agora! Por isso, aproveite que ainda estamos em tempo de volta às aulas e coloque em prática essas ações. Quanto mais clara for a sua comunicação, melhor serão os seus resultados.

Por isso, não deixe para amanhã! Junte o seu time o quanto antes e prepare a sua loja virtual seguindo as minhas dicas. Isso se ainda não planejou nenhuma campanha especial para a data. Se você já tem tudo no esquema, aproveite para revisitar a sua estratégia e verificar se não há mais nada a otimizar. Assim, você vai explorar todo o potencial desse período!


Tags:







Quer ficar por dentro de todas as novidades?
Assine a newsletter da Bis
Iniciar Conversa