Tendências do E-Commerce 2024: 14 oportunidades para vender mais

Redação Bis2Bis | 28 de dezembro de 2023

Conhecer as tendências do E-commerce e usar essas novas estratégias em sua Loja Virtual é a maneira mais promissora para mantê-la sempre atualizada e relevante.

Principalmente porque o mercado de varejo online continua crescendo anualmente.

Depois de registrar R$185 bilhões em lucros durante 2023, a expectativa para 2024 é que o resultado ultrapasse os R$200 bilhões.

E como você já deve imaginar, esses resultados são consequências de estudos de mercado e de comportamento dos consumidores.

Então, o início do ano é o momento ideal para explorar essas novas táticas e estratégias para impulsionar suas vendas.

Por isso, vamos te contar quais são as principais tendências do E-commerce para 2024 e como aplicá-las em sua Loja Virtual. Vem comigo!

Quais são as principais tendências do E-commerce para 2023?

De acordo com o eMarketer, da Insider Intelligence, o Brasil é um dos 10 países que mais vai crescer no varejo virtual, ficando acima da média mundial.

Na imagem, o ranking dos 10 paises que mais cresceram no E-commerce.
Na imagem, o ranking dos 10 paises que mais cresceram no E-commerce.

Então, para que sua Loja Virtual continue crescendo e ganhando espaço no mercado, confira em detalhes as principais tendências do E-commerce para 2024 que selecionamos:

1 – Omnichannel

O omnichannel ou omnicanal já vem sendo citado com frequência como uma das tendências do E-commerce há alguns anos.

Isso acontece porque, de fato, a omnicanalidade é uma das medidas mais importantes para qualquer loja virtual.

Aplicando uma estratégia de Omnichannel, você une todas as frentes do seu negócio, no âmbito físico e virtual.

Como resultado, a integração cria uma experiência de compra uniforme, mesmo que o cliente utilize mais de um canal durante a jornada de compra.

Portanto, oferecer a melhor experiência no momento da compra é fundamental. Até porque, os brasileiros estão familiarizados com a presença das marcas em seu dia a dia.

Seja nas redes sociais, via aplicativos próprios ou fisicamente, os consumidores construíram um relacionamento mais próximo com as empresas.

Colocando essa estratégia em prática, você irá cativar o público e vender muito mais.

2 – Gamificação

O entretenimento sempre foi uma boa forma de engajar e converter clientes.

Por isso, as experiências “jogáveis” aparecem em algumas das maiores lojas e marketplaces online e é uma das tendências do E-commerce para 2024.

A Shopee, por exemplo, disponibiliza mini games para que o consumidor tenha a chance de ganhar descontos e condições especiais em suas compras.

A Shopee e a Aliexpress já contam com a gamificação em suas plataformas, uma das tendências do E-commerce para 2024.
A Shopee e a Aliexpress já contam com a gamificação em suas plataformas, uma das tendências do E-commerce para 2024.

Já a AliExpress oferece, além dos mini games, um recurso denominado “Pechincha”. Com ele, os clientes podem obter descontos na compra de produtos ao compartilhar seu link para um número determinado de amigos.

Essa segunda aplicação em especial aumenta o alcance do anúncio e eleva o reconhecimento da marca, enquanto também promove o produto.

De todo modo, a simples possibilidade de “subir de nível” ao fazer uma compra dentro da Loja Online, por exemplo, já pode ser considerada uma forma discreta de gamificação.

E assim como os já conhecidos programas de recompensas, a gamificação tem o potencial de se tornar uma das grandes tendências do E-commerce para 2024 cativando e fidelizando os consumidores.

💡Leia também: 11 módulos Magento para sua Loja Online

3 – Personalização

A personalização da jornada de compra dos consumidores é uma das grandes tendências do E-commerce.

Usando inteligência artificial e análise de dados, é possível oferecer experiências únicas para cada um dos clientes.

Essas ferramentas obtêm informações como localização, faixa etária, gênero, compras anteriores e acessos a outros sites, e com isso, você pode oferecer apenas aquilo que realmente interessa ao seu cliente, simplificando e acelerando o processo da compra.

A personalização do conteúdo do E-commerce de acordo com o consumidor já tem aparecido há algum tempo como uma das tendências para o E-commerce.
A personalização do conteúdo do E-commerce de acordo com o consumidor já tem aparecido há algum tempo como uma das tendências para o E-commerce.

Então, além de promover a fidelização, uma experiência de compra personalizada vai aumentar a satisfação do seu cliente e aumentar o ticket médio das vendas na sua loja.

Inclusive, diferenciar a experiência de compra para cada perfil de público vai abrir possibilitar que mais clientes conheçam sua marca e produtos.

🎥 Playlist completa: Usabilidade e Personalização no E-commerce

4 – Geração Z em foco

Uma das tendências do E-commerce para 2024 são as ações voltadas aos hábitos de consumo da Geração Z. 

A porção mais velha dos nascidos entre 1995 e 2010 está começando a obter maior poder aquisitivo e entrar de cabeça no mercado de trabalho, mudando alguns hábitos de compra.

Esse grupo costuma encontrar produtos e marcas que gostam via redes sociais, pois valorizam marcas com presença forte. 

Além disso, tendem a preferir empresas que se comunicam com sua faixa etária.

Seu interesse em inovação também faz com que sempre estejam abertos a experimentar conceitos novos e aproveitar promoções em produtos que se interessam.

5 – Sustentabilidade

Outra das tendências do E-commerce que se fortalece com a passagem dos anos é a preocupação com critérios ambientais, sociais e de governança corporativa – ou ESG.

Isso acontece porque os consumidores estão cada vez mais interessados nas pautas de sustentabilidade e da diminuição do impacto do ser humano no planeta.

A consciência ambiental é uma das tendências do E-commerce que mais ganha forças e formas práticas, como com o ESG.
A consciência ambiental é uma das tendências do E-commerce que mais ganha forças e formas práticas, como com o ESG.

Trazendo o conceito para a sua Loja Virtual, você pode colocar em prática as medidas sustentáveis em vários pontos de sua operação. Algumas das atitudes internas podem ser:

  • Diminuir a emissão de gases poluentes;
  • Usar embalagens de material biodegradável;
  • Incentivar os funcionários a adotar medidas sustentáveis.

Agora, quando falamos de aplicações voltadas para o público, o recommerce está em alta: a venda de produtos de segunda mão tem uma grande perspectiva de crescimento em 2024, ainda mais se aliada com uma iniciativa que encoraje a economia circular

A chave é investir em um público que se interessa mais em experienciar um produto e não em possuí-lo.

6 – Retail Media

Desde que a discussão sobre o fim dos cookies de terceiros na internet ganhou força, especialistas começaram a elaborar novas formas de divulgar online sem o apoio desse recurso.

Os cookies são arquivos que praticamente todos os sites criam nos dispositivos que acessam a internet.

Eles armazenam dados e informações relacionadas a interação do usuário com a página e sempre foram o principal pilar para a propaganda segmentada online em serviços como o Google Ads.

E com a crescente preocupação relacionada à privacidade online que vem sendo discutida nos últimos anos, o fim dos cookies de terceiros se confirmou, e será descontinuado pelo Google em 2024.

Nesse cenário, surgem os anúncios Retail Media: a publicidade direta entre anunciantes e varejistas que é uma das mais importantes tendências do E-commerce em 2024.

De acordo com a pesquisa divulgada pela OpinionBox e Octadesk, 31% dos consumidores que compram a partir de anúncios em redes sociais, gastam entre R$100 e R$250 por mês.
De acordo com a pesquisa divulgada pela OpinionBox e Octadesk, 31% dos consumidores que compram a partir de anúncios em redes sociais, gastam entre R$100 e R$250 por mês.

Então, ao invés do anunciante contratar plataformas terceiras que fariam a segmentação da propaganda (como o Google), será o próprio varejista com seu banco de dados quem cuidará disso – ou agências contratadas para esse trabalho.

Dessa forma, as marcas poderão negociar suas propagandas diretamente com os varejistas.

O Retail Media é a principal alternativa para que as propagandas segmentadas online continuem, mesmo sem os cookies. Por isso o tópico ganhou tanta força nos últimos meses, se tornando uma das tendências do E-commerce.

7 – Realidade Aumentada

O Metaverso, uma das tendências do E-commerce no último ano, não teve o crescimento esperado, mas deixou como herança a Realidade Aumentada, ou AR.

O AR permite que você experimente diversos tipos de produtos sem sair do conforto da sua casa. 

Quer saber como certo modelo de óculos escuros vai ficar no seu rosto? Por meio da Realidade Aumentada, isso é possível.

Assim como testar uma cor de tinta na parede, o posicionamento de um móvel e como um novo quadro vai combinar com a sua decoração.

O fato dos celulares atuais já contarem com a tecnologia necessária para isso aumenta as chances dessa ser uma das tendências do E-commerce a se acompanhar.

Além disso, com um público cada vez mais mobile first, é questão de tempo para a AR cair no gosto do consumidor.

8 – Social Commerce

Mais uma das tendências do E-commerce profundamente atrelada ao mobile first, o Social Commerce consiste na venda de produtos através das redes sociais.

Com a disseminação dos pontos de vendas dentro de aplicativos como Instagram, TikTok e Facebook, a modalidade só tende a crescer.

As redes sociais continuarão fortes e presentes como tendências do E-commerce para 2024.
As redes sociais continuarão fortes e presentes como tendências do E-commerce para 2024.

Para participar do Social Commerce, uma boa alternativa é o Marketing de Influência. Ele consiste em contratar um influenciador para divulgar seus produtos à audiência que ele construiu.

Essa pessoa pode ser uma celebridade, blogger, youtuber ou qualquer outra com uma grande base de seguidores nas redes sociais.

O importante é que o perfil do público desse influenciador faça sentido para o seu nicho de vendas.

Por isso, o social commerce é uma ótima maneira para as empresas aumentarem sua visibilidade e alcançarem um público mais amplo, estando presente em diversas plataformas.

Além disso, as redes sociais permitem que as empresas tenham uma conexão mais próxima com os seus clientes. O Live Shopping é uma das modalidades mais promissoras para desenvolver esse contato e aumentar o potencial de vendas.

Isso promove uma forma mais autêntica de marketing através de comentários e postagens dos consumidores, reforçando seu papel com uma das tendências do E-commerce.

9 – Segurança nos pagamentos

Durante uma compra online, talvez você já tenha se deparado com uma etapa a mais ao pagar usando cartão de crédito: a necessidade responder um sms, clicar em um link que chegou em seu e-mail ou até atender uma ligação para que a transação seja concluída.

Essa etapa extra no processo de pagamento surgiu com o 3D Secure (ou 3DS) que é um protocolo de segurança projetado para ser uma nova camada de segurança.

Apesar de criar mais uma etapa no processo da compra, essa camada diminui drasticamente o potencial de golpes.

Atualmente o 3DS está na versão 2.0, que possibilita a autenticação extra usando biometria. Dessa forma, é possível usar a voz ou facial para confirmar a identidade, substituindo o uso de códigos ou links.

Apesar de estar presente há alguns anos, essa tecnologia tem ganhado aderência e promete ser uma das tendências do E-commerce em 2024.

💡 Leia também: Saiba como evitar fraudes no E-commerce

10 – Pix 

O Pix se tornou uma das tendências do E-commerce desde sua criação, no final de 2020. De lá para cá, o método de pagamento tem acumulado melhorias e novas funcionalidades.

Atualmente, estão disponíveis o Pix Saque, o Pix Troco e o Pix cobrança. Para 2024, são esperados pelo menos três novos recursos:

10.1 – Pix Garantido

A principal solução do Pix Garantido será o parcelamento de compras através do Pix.

Para que isso seja possível, o comprador fará a transação através do app de sua instituição financeira e o valor será debitado de sua conta mensalmente, de forma semelhante ao que acontece com os cartões de crédito.

A disponibilidade dos limites para a operação ficará a cargo da instituição financeira, que também será a responsável pelo pagamento ao vendedor e cobrança de encargos do cliente caso o saldo esteja indisponível em sua conta no dia do pagamento, por exemplo.

Pix Parcelado

Já o Pix Parcelado, por sua vez, não se trata de uma função oficial da ferramenta, mas uma iniciativa criada pelas instituições financeiras.

Nesse caso, há uma transação realizada instantaneamente via Pix, mas o valor é parcelado em um cartão de crédito à critério da instituição.

10.2 – Pix Automático

Com esse novo recurso, a expectativa do Banco Central é trazer ao Pix, de forma atualizada, a função que hoje é conhecida como débito automático.

O Pix continua sendo uma das tendências do E-commerce mais promissoras desde seu lançamento em 2020.
O Pix continua sendo uma das tendências do E-commerce mais promissoras desde seu lançamento em 2020.

Ele será voltado para pagamentos recorrentes, mas diferente do débito automático que exige convênios entre instituições financeiras e estabelecimentos, o Pix Automático será democrático e poupará os lojistas de burocracias.

Existe um grande potencial de se tornar uma das tendências do E-commerce que oferece serviços ou produtos recorrentes, como clubes de assinatura, por exemplo.

10.3 – BolePix

Esse recurso promete ser o substituto oficial dos boletos, juntando a instantaneidade que é a característica principal do Pix, aos recursos dos boletos bancários, como instruções para cálculo de encargos.

Por isso, espere pelos QR Codes como uma das principais tendências do E-commerce em 2024, já que são eles quem substituirão os códigos de barras no BolePix.

11 – Vídeos interativos

O audiovisual sempre foi a grande solução para a falta do contato físico com o produto ao se comprar online.

Por isso, além da possibilidade de integrar videos de redes sociais como YouTube ou TikTok, uma das mais promissoras tendências do E-commerce será incluí-los diretamente nas páginas, em qualquer lugar.

Isso pode ser feito a partir de um pequeno vídeo flutuante mostrando um detalhe da peça, até vídeos que se reproduzem automaticamente enquanto o cliente navega pela sua Loja Online, por exemplo.

E isso pode parecer uma dica simples, mas os vídeos diretamente na Loja Virtual trazem uma nova dimensão do produto para o consumidor que ainda não o conhece.

Além disso, ver o produto sendo manuseado e perceber o cuidado que sua loja teve ao disponibilizar um anúncio tão rico, dá a segurança que os clientes precisam para comprar.

O importante é usar a criatividade para tornar a experiência do cliente ainda melhor! Já publicamos um vídeo no nosso canal falando sobre a importância da UX na Loja Virtual:

12 – Mobile First

O mobile first já foi mencionado neste artigo algumas vezes, mas agora ele volta como uma das tendências do E-commerce para se manter no radar.

De acordo com o E-Commerce Trends 2024, 71% dos entrevistados realizam suas compras preferencialmente via celular.

Para que sua loja virtual esteja pronta para lidar com os acessos, sejam eles via mobile ou desktop, você precisa contar com uma plataforma otimizada para todos os dispositivos, tanto em seu design quanto na estrutura.

Por isso, invista em um layout focado na experiência do usuário na sua Loja Online, que leve as necessidades do cliente em primeiro lugar, juntando todas nossas dicas anteriores e criando um pacote completo.

13 – Inteligência Artificial

A inteligência artificial vem ganhando cada vez mais força e em 2024 tem tudo para ocupar espaço também como uma das tendências do E-commerce.

Podemos definir o conceito como sistemas ou máquinas que simulam o raciocínio humano para executar as mais diversas atividades.

O que destaca a inteligência artificial de outros meios de automação é a sua capacidade de aprender e se aprimorar baseado nas atividades que o sistema exerce.

É justamente essa habilidade de retenção de informações e possibilidade de refinamento que tornam a IA uma das tendências do E-commerce mais promissoras.

Algumas das aplicações da IA já são notáveis em ferramentas como o ChatGPT, por exemplo. Ele utiliza informações de toda a internet para responder a perguntas e instruções em forma de texto.

As inteligências artificiais generativas, como o ChatGPT, se tornaram ferramentas indispensáveis em inúmeros setores - e continua sendo uma das principais tendências para o E-commerce.
As inteligências artificiais generativas, como o ChatGPT, se tornaram ferramentas indispensáveis em inúmeros setores – e continua sendo uma das principais tendências para o E-commerce.

No E-commerce, pode ser utilizado de forma a enriquecer suas descrições de produto, sugerir novas ideias para diversificar seu conteúdo e muito mais.

Só não se esqueça de dar seu toque pessoal no texto gerado pela inteligência artificial. Assim você atinge o melhor dos dois mundos: a automatização se juntando à humanização.

14 – Vitrines Inteligentes

As vitrines inteligentes chegaram para ficar e são uma das tendências do E-commerce para ficar de olho em 2024!

Nas Lojas Virtuais, vitrines são espaços que mostram produtos com detalhes e preço, dentro de uma categoria.

A princípio, essas categorias eram apenas elaboradas manualmente, mas com inteligência artificial, as vitrines já podem mostrar sugestões altamente personalizadas.

As vitrines inteligentes podem sugerir:

  • Produtos semelhantes aos pesquisados ou comprados antes;
  • Peças que combinam com o produto que está sendo visualizado;
  • Mostrar as ofertas disponíveis;
  • Os produtos mais vendidos;
  • E muito mais!

Como um vendedor em uma loja física, só que de forma automática e menos invasiva.

Esse tipo de experiência personalizada melhora muito o potencial de qualificar, converter e fidelizar os consumidores, tornando as vitrines inteligentes uma das mais promissoras tendências do E-commerce no novo ano.

E se sua loja ainda não conta com esse recurso, ainda dá tempo para se preparar!

Também fizemos um vídeo falando sobre como os produtos relacionados podem aumentar as vendas da loja:

Quais as principais tendências do E-commerce?

Nesse artigo, apresentamos nossas principais apostas para as tendências do E-commerce.

É muito importante ficar antenado nas novidades do mercado que podem impactar o varejo online para o aprimorar as suas estratégias.

Da mesma forma, uma das tendências do e-commerce que nunca sai de moda é oferecer o melhor serviço e atendimento para os seus clientes.

E é isso que a plataforma da Bis2Bis Comércio Eletrônico oferece ano após ano a todos os clientes. Entre em contato com um de nossos especialistas e saiba como sua loja virtual pode evoluir em 2024!


Tags: